Internship

If you are an international student, check our website in English

 

O programa de ensino e treinamento é oferecido para alunos de outros países, graças ao intercâmbio internacional estabelecido pela FMUSP.  A Disciplina de Cirurgia Geral e Trauma tem sido procurado por alunos de diferentes países em distintas etapas do curso de graduação e da residência médica em cirurgia. Desde 2016 recebemos em média 15 alunos por ano, uma experiência considerada gratificante para eles e para Disciplina. Recebemos alunos de diversas Universidades: Toronto (Canadá), Edimburgo (Escócia), Cardiff (País de Gales), Mie (Japão), Oxford (Reino Unido), Harvard (Estados Unidos), Witwatersrand (África do Sul), Guadalajara (México), dentre outras.  

Apesar da maioria dos alunos não falar português, isto não impossibilita a realização do estágio. Mesmo com a limitação do idioma (o contato tem sido em inglês), a avaliação do estágio é excelente, pois o Serviço está comprometido com o ensino. 

Esta experiência de troca de cultura e conhecimento tem estimulado a Disciplina, e com certeza implica num grande ganho para todas as partes envolvidas.

Os intercambistas com equivalência ao quinto ano do internato são distribuídos de acordo com a estrutura do serviço: afecções da parede e conteúdo abdominal, cirurgia oncológica, enfermaria de cirurgia geral e pronto socorro. Os alunos acompanham os doentes diariamente, participam dos procedimentos operatórios e atendem no ambulatório. O objetivo do estágio no quinto ano consiste em fornecer elementos cognitivos de Cirurgia Geral e desenvolver aptidões psicomotoras e afetivas para os cuidados do doente cirúrgico:

  • Adquirir habilidades para conduzir o pré e pós-operatório de intervenções operatórias

  • Reconhecer as principais alterações semiológicas no doente cirúrgico

  • Reconhecer os princípios do tratamento operatório

  • Reconhecer as principais complicações decorrentes do ato operatório e suas repercussões.  

Os intercambistas com equivalência ao sexto ano estagiam no Pronto Socorro, referência para traumas graves e afecções de urgências não traumáticas. Participam do atendimento inicial e dos procedimentos definitivos do traumatizado grave. Neste estágio, os alunos terão contato com as principais afecções de urgências não traumáticas, desde o diagnóstico até o tratamento definitivo. O objetivo do internato no sexto ano consiste em:

  • Avaliar o doente traumatizado grave e reconhecer os princípios do tratamento

  • Avaliar os doentes com emergências não traumáticas: hemorragia digestiva, dor abdominal, infecção de partes moles e etc. 

Dr. Roberto Rasslan

Responsável

roberto.rasslan@hc.fm.usp.br

Dra. Jeammy Andrea Perez Parra

Preceptora Responsável

jeammy.parra@hc.fm.usp.br

Please reload